Seguindo as Trilhas de Minas

1 (31)

Segunda etapa do processo formativo do Coletivo “Unidos pelo Cerrado”, na ONG/Ponto de Memória Caminhos da Serra, em Gouveia, Minas Gerais. Nessa etapa, os jovens participantes do projeto conheceram um pouco mais sobre seus Direitos e compartilharam momentos especiais junto ao Sr. Toco Pequi, mestre raizeiro, e Sr. Manoel do Norte, mestre repentista, além de participarem de uma roda de cantoria junto à Cabocla, viola caipira do poeta. Na sequência, no domingo, foi a vez de visitar a comunidade quilombola do Espinho, na mesma cidade, local onde se propõe multiplicar a metodologia do projeto Catapoesia para que o Coletivo, junto à comunidade, iniciem o processo de registro histórico. Vamos que vamos! É Minas Gerais, Cerrado, Cultura, Memória, Intercâmbio, Identidade, História e um afeto enorme tomando conta de todos nós.

1 (287)

1 (298)-001

1 (403)

1 (420)

Anúncios
por Catapoesia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s